NOTÍCIAS

Câmara Municipal debate veto à queima de fogos do Sindicato dos Estivadores no Círio

Quinta-Feira, 17/05/2018, 09:05:35

Tamanho da fonte: A- A+
Realização da queima de fogos na Praça dos Estivadores volta a ser debatida. (Foto: Celso Rodrigues/Diário do Pará)

A tradicional queima de fogos na Praça dos Estivadores durante o Círio de Nazaré será novamente tema de discussão em sessão especial na manhã desta quinta-feira (17), na Câmara Municipal de Belém, convocada pelo vereador Adriano Coelho (PDT).

A sessão tem como objetivo esclarecer os motivos do veto tanto para os trabalhadores do porto quanto para a população e, discutir soluções que viabilizem a realização da homenagem do Sindicato dos Estivadores.

O debate envolverá não só a categoria do sindicato, como também representantes dos órgãos de segurança pública e comunidade em geral.

A tradicional homenagem ocorre desde 1914 pela então União dos Estivadores de Belém, que mais tarde se transformou no Sindicato dos Estivadores e Trabalhadores em Estiva de Minérios do Estado do Pará.

Homenagem vetada em 2017

Em 2017, a homenagem da categoria não ocorreu porque os órgãos de segurança proibiram a realização da queima de fogos na Praça dos Estivadores, alegando questões de segurança aos romeiros.

Na época, chegou a ser sugerido que a queima de fogos fosse realizada em uma balsa ao largo da orla da cidade, o que não foi aceito pelos trabalhadores.

Quanto ao risco à segurança dos romeiros, o Sindicato dos Estivadores justifica que em mais de 100 anos de realização da homenagem, nunca houve a ocorrência de incidentes durante o evento.

E você, internauta, o que acha da homenagem? Acredita que deveria ser vetada ou não?

(DOL)

Faça seu comentário. Clique aqui!

5 Comentários

  • 509071 - Adriano barreto - É a fé que movimenta essa onda no cirio, chamados de rios de Maria.
    As autoridades constituídas deveriam de cuidar, zelar e acabar com a corrupção, os Quais, são coniventes.
    Da fé, das homenagens, deixem por conta dos romeiros.

  • 507593 - nivia campos - Contra. Esquecem que existem gestantes, idosos, doentes, animais, etc... que penam com este barulho infernal e diga-se de passagem, usem este dinheiro para ajudar uma casa de caridade. Outa: Deus não é surdo

  • 507512 - Antonio Jorge - Tenho 59 anos e desde que eu me entendo por gente isto existe.o círio está se tornando uma festa de em que a tradição do povo paraense está em segundo lugar, servindo para alguns senhores (diretores) que adoram aparecer nos folofotes da mídia tomem posições de ñ estão de acordo com o povo do Pará. O que o senhores deveriam fazer era prestar contas do dinheiro que é arrecadado na festa de Nazaré é o que é feito com ele.está na hora do povo do Pará começar a cobrar o que está sendo feito com todo este dinheiro.

  • 507473 - Nazareno - Rapa com tanta..coisas pra serem.vistas..

  • 507471 - Francisca - Independentemente da segurança, sou contra, pois os pássaros se assustam, ficam voando sem direção e acabam morrendo,é muito triste.

MAIS NOTICIAS

AGRADECIMENTO

Guarda de Nazaré se reúne para festa de fim de ano

Sexta-Feira, 14/12/2018, 17h27

CÍRIO

Mosqueiro celebra Nossa Senhora do Ó neste domingo

Domingo, 09/12/2018, 07h36

CÍRIO 2019

Diretoria da Festa de Nazaré toma posse nesta quinta (6)

Quarta-Feira, 05/12/2018, 16h53

CÍRIO 2018

Devotos da Virgem de Nazaré participam da Romaria da Festa

Domingo, 28/10/2018, 13h10

PATROCÍNIO

Escola Superior da Amazônia iTransito Celpa Guamá - Tratamento de Resíduos Parque Shopping Banco da Amazônia Claro Alubar